método

1017Actualmente online
96Leitura de Hoje
43Partilhar Hoje
Ecrã multilingue

Quantas vezes por ano o seguro automóvel é solicitado?

2018-04-05 19:12:07

Nos últimos anos, a posse de carros está se tornando mais e mais, o congestionamento do tráfego na estrada está se tornando mais e mais grave, além de ter um monte de apenas obter a carteira de motorista não pode esperar para ir para a estrada para experimentar o prazer de dirigir também mais e mais amigos, de modo que a condução na estrada aparece o fenômeno de colisão também é comum. A maioria dos proprietários de automóveis tem seu próprio carro seguro, portanto, dizer o acidente vai encontrar um seguro para resolver a reclamação. No entanto, alguns proprietários ainda se perguntam, o seguro de carro é relatado várias vezes por ano, mais vezes, isso afetará o prêmio? Para o cálculo do prémio do carro, o proprietário do carro pode ir através da calculadora de seguro automóvel abaixo. Simples e conveniente, cotação exata. Os relatórios não são frequentes, mas afetam o preço de renovação. Teoricamente, os relatórios de seguro automóvel não são frequentes. Mas todos os proprietários de automóveis são segurados com a quantidade de dinheiro segurado. Por exemplo, o carro está seguro por 100.000 dólares. O montante total de várias reparações não pode exceder este número. Uma vez que a solução segurada é excedida, o excesso terá de suportar as próprias custas do proprietário do veículo. Há também uma situação em que alguns proprietários relataram o caso mais de duas ou três vezes para os clientes. Se o número de reivindicações de cada relatório é muito grande, tal proprietário provavelmente será incluído na investigação para ver se enganou o seguro. Se for grave, vai ficar na lista negra. O segundo ano de seguro vai optar por não segurar tal proprietário. Agora geralmente em conformidade com as disposições pertinentes, se o proprietário bem documentado, não não créditos de clientes a pagar anualmente, no segundo carro descontos, quando se tinha registos de perigo, mas não muitas, não mais do que três vezes ou mais, no segundo carro, quando não a descontos, mas se o proprietário frequentes grandes problemas, então, no ano seguinte, quando segurado, Existe o risco de os prémios aumentarem. Especialistas em seguros quente dicas em circunstâncias normais, se ocorrer algum pequeno acidente, o proprietário do carro pode resolver completamente por conta própria e não causará um fardo financeiro muito grande. Para tais pequenos acidentes, é melhor não relatar ao seguro, mas escolher o auto-processamento. Porque se o acidente do proprietário é relatado mais, o preço do seguro será muito mais alto no ano seguinte, quando o carro é segurado. Além disso, provavelmente, o seguro irá estipular a quantidade de seguro ou o item. Se o proprietário não aceitar, o seguro pode não cobrir você, porque o risco é muito grande. Portanto, dizer que o proprietário do carro não um acidente, mesmo um pequeno acidente para encontrar um seguro para a compensação, o seguro é feliz para dar uma indemnização, o proprietário do carro pensou que tinha um monte de benefícios. Desta forma, o proprietário do carro apenas temporariamente saborear a doçura de segurar o seguro do carro, no momento do seguro do proprietário vai descobrir que é um grande erro de perder melancia para pegar gergelim. Os proprietários de automóveis também prestar atenção a um ponto é que, se alguém tocar em você, se o outro é a responsabilidade total, neste momento, o proprietário do carro não é necessário para declarar o seguro, deve ser o outro seguro para compensar você. Sobre a questão de que o seguro automóvel pode ser relatado várias vezes por ano, já fizemos uma breve introdução acima. Na verdade, não há um limite fixo. No entanto, uma vez que o seguro é relatado mais de três vezes, há um risco de aumento do prêmio. É por isso que o carro está a ponderar o problema.

Recomendação